Contexto Paulista: Governo quer fixar turista paulista no próprio Estado

Wilson Marini – Rede APJ

Esta coluna é publicada pelos grupos de comunicação da Associação Paulista de Portais e Jornais (APJ), rede formada por 16 líderes de prestígio regional com circulação no Estado de São Paulo

Para incentivar e manter o turista paulista em seu próprio Estado, a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo (Setur) vai apostar em um reforço de campanhas promocionais com foco no chamado turismo de proximidade, que destaca os municípios localizados a distâncias de até 200 quilômetros do viajante, além do estímulo a novos roteiros que privilegiem atividades ao ar livre e atrativos de natureza. Esse tipo de turismo também é conhecido como “de um tanque”, ou seja, o motorista tem autonomia de percurso correspondente a um tanque de combustível. De acordo com dados recentes divulgados pelo CIET, o retorno do turismo deve acontecer com viagens rodoviárias, por períodos curtos e destinos de até três horas de deslocamento. Nessa perspectiva, as três regiões turísticas que deverão se recuperar mais rápido são: Baixada Santista, Campinas/Circuito das Águas e Vale do Paraíba/Mantiqueira/Litoral Norte, mas as demais também serão beneficiadas.

R$ 13,1 bilhões

Este é o valor estimado da poupança de viagem acumulada que pode ser gasta pelos paulistas no próprio Estado de São Paulo nos próximos meses. A possível retomada das viagens e da atividade turística deve reativar a máquina econômica que movimenta mais de 10% do PIB de São Paulo, que estava paralisada por contas restrições aos hotéis e cancelamentos de voos e atrativos de lazer em decorrência da pandemia. O cálculo é de estudo liderado pelo Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET) em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA), da USP.

Poupança de viagem

Os economistas consideraram o valor da poupança reservada para viagens antes do início da pandemia (R$ 6,1 bilhões), acrescentaram os depósitos na poupança durante a quarentena mais R$ 4,4 bilhões, acumulada entre março e agosto deste ano, e incluíram um percentual chamado de “efeito de fidelização”, que é o valor que será gasto em viagens de retorno aos destinos paulistas durante o período de retomada (R$ 2,6 bilhões).

Frase

“Os viajantes ainda estão inseguros para encarar destinos mais longínquos, com voos demorados e situações desconhecidas. São Paulo oferece inúmeras opções de viagens de proximidade, todas alinhadas aos protocolos de segurança, privilegiando o contato com a natureza e o distanciamento social”, diz o secretário estadual da área, Vinicius Lummertz.

Empregos recuperados

A análise aponta que as viagens pelo Estado durante a retomada poderão recuperar até novembro boa parte dos empregos perdidos desde o início da pandemia (138 mil).

Agro Agora

O Sebrae-SP lançou em Jales o Projeto Agro Agora. A expectativa é desenvolver e acelerar mais de 5 mil produtores em cinco anos.

Segundo turno?

28 cidades do Estado de São Paulo podem ter de promover o segundo turno de votação para escolher prefeitos e vice-prefeitos nas eleições municipais de 2020. O primeiro turno está marcado para 15 de novembro, e o segundo, 29 de novembro, intervalo de apenas duas semanas.

Quando ocorre

O segundo turno para prefeito e vice-prefeito deve ocorrer quando nenhum dos candidatos conseguir, no primeiro turno, metade dos votos válidos mais um.

Candidato empreendedor

O Sebrae lançou o documento “10 Dicas do Sebrae para o Candidato”. O guia reúne um conjunto de propostas de políticas públicas para os futuros prefeitos e vereadores com o objetivo de fortalecer a atividade empreendedora nos municípios.

Prudente: inovação premiada

A Fundação Inova Prudente, de Presidente Prudente, venceu o prêmio Raps (Rede de Ação Política pela Sustentabilidade) de Inovação e Sustentabilidade, que será apresentado na COP-26 (26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas), em novembro de 2021, na Escócia. O concurso abrangeu projetos que compõem cinco “Ps”: Parcerias, Paz, Pessoas, Planeta e Prosperidade. A fundação prudentina concorreu na categoria Prosperidade com outras duas iniciativas, uma delas de Mogi das Cruzes. A informação é do jornal O Imparcial, da Rede APJ (Associação Paulista de Portais e Jornais).

Visibilidade internacional

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do município, Rogério Marcus Alessi, a premiação “amplia muito a visibilidade da Inova para toda sociedade, de modo até internacional. É a chance de atrair olhares e atenção de outras empresas e novos investidores, diz ele. Além de servir como exemplo-molde para outros municípios, como é o caso de Bauru, que inaugurou um empreendimento semelhante recentemente.

Mercado imobiliário

Lançado o estudo “Perspectivas da incorporação imobiliária no interior de São Paulo”, organizado pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc). Em reunião que contou com a participação de CEOS de importantes construtoras do Interior de São Paulo, foi discutida a tendência de verticalização em cidades como Campinas, Sorocaba, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, entre outras. O presidente da entidade, Luiz França, destacou a importância do mercado imobiliário no Interior Paulista.