Contexto Paulista: Agronegócio ajuda balança comercial paulista

Wilson Marini – Rede APJ

Esta coluna é publicada pelos grupos de comunicação da Associação Paulista de Portais e Jornais (APJ), rede formada por 16 líderes de prestígio regional com circulação no Estado de São Paulo

De janeiro a julho de 2020, o agronegócio paulista apresentou exportações de US$ 9,51 bilhões, montante 9,3% superior ao obtido no mesmo período de 2019. As importações nesse período totalizaram US$ 2,44 bilhões. Com essas transações, registrou-se no setor um superávit de US$ 7,07 bilhões, volume 19,8% maior que o registrado no ano anterior. O superávit do agro é fundamental para o equilíbrio das contas paulistas, analisaram técnicos do Instituto de Economia Agrícola (IEA) ao divulgarem os dados consolidados nesta terça-feira (8). A participação do agronegócio no volume de exportações do Estado no período foi de 41,9%.

Cinco itens puxam o setor

Os principais grupos na pauta das exportações do agronegócio paulista foram: Complexo Sucroalcooleiro (US$ 2,86 bilhões, sendo que desse total o açúcar representou 85,1% e o álcool 14,9%); Complexo Soja (US$ 1,68 bilhão), Carnes (US$ 1,28 bilhão, em que a carne bovina respondeu por 85,4%), Produtos Florestais (US$ 916,10 milhões, com participações de 50,7% de papel e 38% de celulose) e Sucos (US$ 745,32 milhões, dos quais 96,2% referentes a sucos de laranja).

Melhoria da fibra óptica especial

Um novo processo de fabricação de fibras ópticas especiais, muito mais simples, rápido e barato do que os tradicionais, acaba de ser anunciado por um pesquisador paulista, do Instituto de Física da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Ele criou o método durante estágio de pesquisa na University of Adelaide, na Austrália. A grosso modo, o procedimento é semelhante ao método de extrusão utilizado na fabricação de macarrão: uma massa mole é pressionada e empurrada por meio de um molde, e o fio, com sua estrutura interna, sai pela outra ponta.

Contexto global

Centenas de milhões de quilômetros de fibras ópticas estão instaladas atualmente no planeta, analisa a agência Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). A quantidade de dados que transportam dobra aproximadamente a cada dois anos. Além de seu uso em comunicações, as fibras ópticas são empregadas também no sensoriamento remoto, possibilitando a monitoração de grandezas como temperatura, tração mecânica, pressão hidrostática, escoamento de fluidos etc. Devido à robustez e pequeno diâmetro, têm sido utilizadas com êxito em ambientes hostis e de difícil acesso. Daí a importância de inovar os métodos de fabricação.

Frase

“O processo convencional necessita de um equipamento enorme e extremamente caro. E demanda quase uma semana de trabalho. Nosso processo pode ser realizado com um equipamento de bancada, no mínimo 100 vezes mais barato. E vai do grão de polímero à fibra microestruturada pronta em menos de uma hora. Com ele, muito mais pesquisadores e laboratórios estarão em condições de produzir suas próprias fibras ópticas” – Pesquisador Cristiano Cordeiro, autor da pesquisa de novo método de produção de fibras ópticas especiais.

Conjuntura positiva

●     Dados da Anfavea de 4 de setembro mostram que foram produzidos 210,9 mil veículos no mês de agosto, que representou um crescimento de 23,5% em relação aos 170,7 mil veículos em julho. Os licenciamentos também apresentaram crescimento: foram 183,4 mil em agosto frente a 174,5 mil em julho, crescimento de 5,1%.

●     Segundo o IBGE, a produção industrial nacional cresceu pelo terceiro mês consecutivo, com alta de 8% em julho, na comparação com o mês anterior, após expansão em maio (8,7%) e junho (9,7%). Pela primeira vez na série histórica iniciada em 2002, 25 dos 26 setores apresentaram taxa positiva.

Comércio de vento em popa

As vendas no comércio da cidade de São Paulo voltaram a mostrar recuperação no mês de agosto, comparando-se com o mês anterior. De acordo com o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), a alta média foi de 24,8% nos resultados do comércio paulistano. Segundo o economista da ACSP, Marcel Solimeo, a recuperação em agosto é um reflexo das medidas de flexibilização do funcionamento do setor comercial e do Dia do País. Foi a segunda alta consecutiva nos resultados das vendas. Em julho, comparando-se com junho, o crescimento foi de 19,8%.

Amazon em Cajamar

Dia 3 de setembro, a Amazon inaugurou seu 4º centro de destruição no Estado de São Paulo e o 5º no país. O novo centro, de 100 mil metros quadrados, fica em Cajamar, na região metropolitana de São Paulo.

Números

●     A Fapesp desembolsou em 2019 R$ 1,26 bilhão no fomento a 24.806 projetos de pesquisa no Estado de São Paulo.

●     O governo estadual deverá ampliar o Poupatempo de 75 para 340 unidades, incorporando os serviços do Detran-SP.

●     O Brasil melhorou em 2020 quatro posições no Índice Global de Inovação (IGI) na comparação com 2019: passou da 66ª para a 62ª colocação no ranking que abrange 131 países.

●     Estudo do Seade com base em dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostra que, entre junho e julho, entre admissões e demissões, foram gerados 23 mil novos empregos.