SIP anuncia vencedores em excelência jornalística de 2019

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) anunciou nesta quarta-feira (7) os vencedores da edição de 2019 de seus prêmios de excelência jornalística. Dirigida a profissionais de meios de comunicação das Américas e da Espanha, a premiação reconhece a qualidade e os impactos dos conteúdos produzidos por jornalistas e veículos nas sociedades dessas regiões. Entre os ganhadores, há comunicadores do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, México, Nicarágua e Venezuela.

Entre os brasileiros, o programa Câmera Record, da Rede Record, ficou com o primeiro lugar na categoria “Direitos Humanos” , com o trabalho “Piaçaba: exploração no coração da Amazônia”, que denuncia o trabalho escravo na selva brasileira. Maurício Angelo, da revista digital Movinup, com “Roger Waters é uma ameaça”, levou o prêmio de “Opinião”.

O site Metrópoles venceu na categoria “Meio Ambiente” com a matéria “O Levante dos Ribeirinhos”, uma “impactante reportagem — fotografia, imagens aéreas e entrevistas em  vídeo —”, segundo os jurados, sobre entre proprietários de fazenda e comunidades locais em relação ao uso da água para o agronegócio.

O uso do aplicativo WhatsApp pelo site de checagem de fatos Aos Fatos na cobertura eleitoral de 2018 mereceu menção honrosa na categoria “Cobertura Noticiosa em Mobile”. Veja aqui a lista completa dos ganhadores.

Os prêmios serão entregues em cerimônia a ser realizada durante a próxima assembleia geral da SIP, de 4 a 7 de outubro, em Miami, na Flórida (EUA).

Leia mais