OVALE, de São José dos Campos, lança edição para as cidades históricas

O Vale lança edição para cidades históricas

Fortalecendo seu projeto de expansão, e sem fronteiras para a informação, O VALE inova com cobertura focada no roteiro histórico de Guaratinguetá, Aparecida, Lorena e Cachoeira Paulista

Redação APJ

O jornal OVALE, de São José dos Campos lançou no dia 12 de maio a edição “Vale da Fé”, reforçando a sua cobertura nas cidades do Vale Histórico, principalmente Guaratinguetá, Aparecida, Lorena e Cachoeira Paulista.

Com destaque para a vocação religiosa dos municípios, a nova edição trará em seu DNA as marcas indeléveis do maior e mais completo jornal da RMVale: jornalismo independente, apartidário, crítico e plural, com o melhor conteúdo e a liderança em todas as plataformas, seja na versão impressa, na internet (com o site, aplicativo e o flip digital)ou redes sociais.

“Este jornal não possui outra orientação editorial que não a de exercer um jornalismo crítico em relação aos governos e em favor dos governados”, ressaltou Fernando Salerno, diretor responsável por OVALE, no evento de lançamento da nova edição.

Vale da Fé destaca vocação religiosa dos municípios
Edição destaca a vocação religiosa dos municípios

O evento em Guaratinguetá para lançamento da edição ‘Vale da Fé’ se deu no 3 de maio, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.

Agora, são quatro edições diárias produzidas por OVALE: Regional, Jacareí, Gazeta de Taubaté e Vale da Fé. “Após a revolução editorial e gráfica feita em 2017, a meta é levar a melhor informação para o maior número de leitores. Só em 2017, foram 33 milhões de leitores nas redes sociais”, diz o editor-chefe de OVALE, Guilhermo Codazzi.

Segundo Tamires Jorge, gerente Comercial e de Marketing de OVALE, outras ações estão sendo estudadas. “Expandir é a nossa vocação”.

Nova edição reforça democracia no Vale

O lançamento da edição ‘Vale da Fé’ foi recebido com entusiasmo por gestores do Vale Histórico, que esperam um “aumento da visibilidade regional”.

Para o prefeito de Guaratinguetá, Marcus Soliva (PSB), o jornal mostra “visão empreendedora”. “É extremamente importante para nós, pelo nível do jornalismo que o jornal trará para a região”.

Secretário de Governo em Guará, Miguel Sampaio disse que a cobertura crítica do jornal reforça a democracia. “A independência da mídia é que fortalece a democracia. Os gestores estão acostumados com o elogio, mas é com a crítica que a gestão cresce”.

Mila Trepíchio, secretária de Comunicação de Lorena, disse que a valorização da religiosidade divulgará a região. “É uma questão que une a região. O turismo é religioso aqui e temos que trabalhar nisso”.

Para o deputado estadual Vaz de Lima (PSDB), a importância da nova edição ultrapassa a região. “Mais uma grande inovação do jornal OVALE, valorizando uma região aparentemente esquecida, mas que tem uma função estratégica para o Estado”.