Editora-chefe do Jornal de Jundiaí conclui curso de Jornalismo Digital no México

A editora-chefe do Grupo JJ, jornalista Ariadne Gattolini, parte esta semana para o México, onde receberá seu título de especialista em Jornalismo Digital para a América Latina, do renomado Instituto Tecnológico e de Estudos Superiores de Monterrey, México. O grupo edita o Jornal de Jundiaí, associado da APJ (Associação Paulista de Jornais0 e foi o único representante do Interior Paulista nesta diplomação.
A turma é formada por jornalistas brasileiros que atuam na mídia online – além do Jornal de Jundiaí, representantes da Gazeta do Povo (Curitiba), Zero Hora (Porto Alegre), Valor Econômico, Rádio Itatiaia ( Belo Horizonte) e um influenciador social de São Paulo. O módulo teve duração de um ano e basicamente foram estudadas estratégias utilizadas no México e América Latina para o meio digital.
Os jornalistas tiveram acesso às diversas plataformas de jornalismo, como o chamado “jornalismo de soluções”, um novo conceito, ainda não implantado no Brasil. O curso foi todo desenvolvido em plataforma digital, com avaliações por módulos e estudos de veículos como o Panamá Papers, entre outros. Além disso, os jornalistas participaram de conferências com profissionais de diversas nacionalidades da Espanha e América Latina.
“O que me marcou foi como o jornalismo mexicano e de outros países latinos está à frente do brasileiro, inclusive na utilização de banco de dados e formatação de matérias investigativas de peso a partir de coleta de informações e cruzamentos, de acordo com a tecnologia”, conta Ariadne.