Contexto Paulista: Cidades paulistas são convocadas a adotar ‘economia do futuro’ para atrair investimentos

Wilson Marini – Rede APJ
wilson.marini@gmail.com
Esta coluna é publicada pela Associação Paulista de Portais (APJ), redesenhada por 16 líderes de prestígio regional com circulação no Estado de São Paulo.

Gestores municipais de todas as regiões paulistas se reuniram em São Paulo no dia 9 de setembro para debater e fortalecer a aplicação, no Estado, da Agenda ESG, sigla referente à adoção das melhores práticas sociais, ambientais e de governança. O seminário “Administração Pública e ESG: Como seu município pode se adaptar à economia do futuro?” foi organizado pela Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade (InvestSP). O objetivo foi o de trazer para o tema ao debate entre gestores locais, como prefeitos, secretários e vereadores, que são quem melhor conhece as necessidades, as características e as virtudes de cada região, segundo enfatizam os organizadores do encontro. O entendimento é que, em uma economia em transformação, a manutenção do Estado de SP como o melhor destino para investimentos na América Latina passa necessariamente pelo fortalecimento da agenda ESG.

Posturas responsáveis
Nos mercados mais competitivos do mundo, é comum encontrar empresas ou países que exigem uma postura responsável de seus parceiros comerciais, como o uso de energia limpa e políticas de inclusão na contratação de funcionários. Com isso, um ambiente de negócios favorável à adoção das práticas de ESG tem se tornado fator decisivo no trabalho de atração de investimentos e geração de emprego e renda. No Estado de São Paulo, cada vez mais.

Frase
“Neste novo momento da economia mundial, os governos podem e devem ter o setor privado como aliados estratégicos”, diz o presidente da InvestSP, Antonio Imbassahy.

Green Nation
São José do Rio Preto será a primeira cidade do Interior Paulista a receber uma edição do Green Nation. Em julho, o evento foi realizado na capital paulista. O objetivo é conectar sustentabilidade, cultura, entretenimento e educação. O Green Nation 2022 – São José do Rio Preto ocorrerá entre os dias 21 e 30/9. A programação, totalmente gratuita, apresentará diversas experiências interativas, sensoriais e emocionais que trarão como tema os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU (Organização das Nações Unidas) – Agenda 2030, além de um Festival Multimídia e da Mostra Internacional de Cinema.

Realidade virtual
O evento proporcionará aos visitantes mais de 40 horas de atividades, em oito experiências, em instalações interativas que proporcionarão inúmeras descobertas, seja por meio de games, realidade virtual ou imersão em áudio 8D. Uma instalação simulando um submarino transportará o público por meio de óculos de realidade virtual até o fundo dos oceanos, mostrando os perigos da pesca predatória com redes de arrasto e a poluição no fundo do mar. Outra atividade que se utilizará do recurso de realidade virtual é a Asa Delta, que traz uma “viagem” tendo como foco de abordagem o protagonismo das águas brasileiras.

Cidade Planetária
Já o Caminho do Lixo, simulará uma rua onde se descarta lixo de forma inadequada, mostrando as consequências disso e o importante papel das atitudes das pessoas para reverter esse cenário, enquanto a relevância da cidadania planetária como elemento de transformação social é o tema da experiência Cidadania Planetária. Os visitantes também poderão apadrinhar árvores que estão sendo plantadas na Floresta Estadual do Noroeste Paulista pela Prefeitura de Rio Preto com o intuito de ampliar a área verde dos municípios, no projeto Nossas Árvores. Já a experiência Florestas do Mar mostrará ao público o berçário dos oceanos: as Florestas de Corais, com suas cores, peixes e belezas escondidas.

Mogi: inovação
A Prefeitura de Mogi das Cruzes abriu inscrições para o Caqui Inova, evento de inovação que será realizado entre os dias 27 e 29 de setembro no Polo Digital. O Caqui Inova tem como objetivo fomentar a inovação e agregar todos os setores que fazem parte do ecossistema de inovação e tecnologia da região do Alto Tietê – comunidade acadêmica, startups, comércio, indústria, setor de serviços e governo. A cerimônia de abertura deverá contar com a presença do coordenador de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado, Arnaldo da Silva Júnior.

Investimento no Centro de Santos
Empreendedores, comerciantes e empresas que queiram investir no Centro de Santos terão à disposição em 45 dias um programa criado pelo município para facilitar e dar mais rapidez na abertura ou ampliação dos seus negócios, o Invest Centro. A informação é da Prefeitura Municipal. Com diversas leis municipais de incentivo existentes, tanto para a abertura de comércio, quanto para a construção no Centro, o prefeito Rogério Santos afirma que o programa servirá para orientação, agilização e consultoria. “Chega com a finalidade de promover o desenvolvimento urbano na região central”, diz ele.

Pesquisa paulista
Tecnologia desenvolvida na Escola de Engenharia da USP em São Carlos é capaz de reduzir em até 20% o tempo para a execução de reparos em caso de queda do fornecimento de energia. O sistema usa benefícios da inteligência artificial para otimizar os serviços de manutenção da rede afetada, auxiliando os operadores em uma tomada de decisão mais rápida e eficiente. Parte da solução já é empregada pela Companhia Paranaense de Energia (Copel).